sexta, 20 de setembro de 2019
TRAGÉDIA

Empresário é morto com pelo menos 20 tiros de calibre 9 milímetros

11/09/2019
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

                                     Um empresário de 55 anos foi morto com ao menos 20 tiros de calibre 9 milímetros na manhã desta segunda-feira (9), em Ponta Porã, a 328 quilômetros de Campo Grande.
                                     Alberto José Koehler entrava na caminhonete dele, estacionada em um bairro de classe média da cidade, quando foi baleado. Há marcas de tiros na lataria e vidros de veículo. A polícia investiga a motivação do crime e tenta identificar os suspeitos. Alberto José Koehler e a esposa são donos de transportadora no Paraguai.
Fronteira
                                     A fronteira do Brasil com o Paraguai tem registrado muitas execuções ligadas ao tráfico de drogas. Esse ano, ao menos 61 pessoas foram mortas na região. Os confrontos intensificaram-se com a disputa entre facções criminosas pelo controle do tráfico na região. Em 2018, pelo menos 30 execuções estariam ligadas à guerra do tráfico.
                                     A característica violenta da faixa de fronteira ganhou ares de guerra em 2016, após a morte do narcotraficante Jorge Rafaat, conhecido como “rei da fronteira”, executado com tiros de metralhadora.
                                     O G1 traçou um panorama da disputa pelo tráfico na região que inclui nomes como Jarvis Pavão e Minotauro, traficantes que estão presos no Brasil. Para tentar reduzir a violência, o governo do Paraguai inaugurou no dia 4 um sistema de monitoramento com 96 câmeras em Pedro Juan Caballero, vizinha a Ponta Porã.
                                     As câmeras foram colocadas em pontos estratégicos da cidade e 20 delas tem a tecnologia de reconhecimento facial ou de placas de veículos. (Fonte: G1 MS)