sábado, 26 de setembro de 2020
VEJA O VÍDEO

Hélice de helicóptero da polícia atinge caminhão ao iniciar decolagem

18/01/2020
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

                                   A hélice do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer do ACRE) bateu em um caminhão que seguia na BR-364, na região do Segundo Distrito de Rio Branco, neste sábado (18). Um vídeo mostra o momento exato do acidente.
                                   A reportagem entrou em contato com assessoria do Governo do Acre, mas até última atualização desta reportagem não obteve resposta. A assessoria da Segurança Pública informou que não houve falha técnica e nem pane na aeronave e que deve dar mais detalhes sobre o acidente ainda neste sábado.
                                   O coronel Oliveira, da Polícia Militar do Acre, informou que a aeronave estava dando apoio à Operação Cerco, que ocorria no bairro Belo Jardim, neste sábado. O helicóptero estava parado em uma rotatória quando a equipe iniciou o processo de decolagem. Neste momento, um caminhão que passava pelo local acabou colidindo com a aeronave.
                                   Na aeronave haviam cinco pessoas, dois comandantes e três tripulantes. "Dois tripulantes tiveram ferimentos leves e foram encaminhados para o pronto-socorro, já estão sendo tomadas as devidas providências, mas sem ferimentos graves", afirmou Nayk Souza, coordenador do Ciopaer.
                                   O caminhão, que presta serviço para a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), transportava resíduos hospitalares. Um funcionário, que não estava no momento do acidente, disse que tinham três pessoas dentro do veículo e que nenhuma chegou a ser atingida. A polícia não soube informar como o acidente ocorreu e disse que as causas ainda vão ser investigadas.
Souza afirmou que a aeronave estava no local conforme determinação da Secretaria de Segurança Pública para fazer patrulhamento aéreo com pontos bases, junto com as equipes da Polícia Militar que estão em barreiras fixas em vários pontos de Rio Branco.
“Já existia uma barreira policial no loc-al, onde já tinham sido feitos pontos bases anteriores. A determinação do secretário foi que continuássemos com as operações durante o dia de hoje. O que foi feito pelo Ciopaer, onde foi efetuado o pouso nesse local. Quando fomos acionados para outro local de patrulhamento aéreo, veio o caminhão baú e acertou uma das pares do helicóptero fazendo com que ele baixasse”, explicou. (Fonte: G1)