quinta, 19 de setembro de 2019
MOÇA DE CAMPINA DA LAGOA

Moça que denunciou Padre de Goioerê por ameaça se relacionava com ele desde os 15 anos

11/09/2019
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

                                   A moça de 15 anos que denunciou o Padre Izaías da Conceição por ameaça o que provocou a sua prisão na noite de domingo, 8, afirmou para a polícia que se relacionava com o religioso desde quando tinha 15 anos e morava na cidade de Campina da Lagoa.

 

CLIQUE AQUI E ENTRE NO GRUPO DO WATHSSAP DO GOIONEWS
E RECEBA EM PRIMEIRA NOTÍCIA DE GOIOERÊ E REGIÃO 

 

                                   Segundo a moça, que hoje tem20anos, ela terminou o relacionamento com o Padre Izaías, que é de Goioerê, e trabalhou em várias paróquias da região, mas ele não aceitou e fez ameaças de expor as conversas de teor sexual, além de vídeos e fotos íntimas em redes sociais, para obrigá-la a voltar com ele.
                                   A jovem também contou aos policiais que há duas semanas, Izaías foi até a faculdade onde ela estuda e, como ela não quis falar com ele, o padre a ameaçou dizendo iria até a sala de aula dela e contaria para todos os alunos sobre o relacionamento deles.
                                   Quando a moça estava na Delegacia prestando depoimento, recebeu mensagens com ameaças do padre, o que ensejou a sua prisão em flagrante.
                                   Depois de ter sido preso por ameaça, o padre pagou fiança deR$1.500 e foi colocado em liberdade. Ele teria deixado o seminário em Cambé, onde trabalhava, e teria vindo para Campo Mourão.
                                   O caso da ameaça está sendo tratado como violência doméstica, e o padre pode ter complicada a sua situação caso se confirme que ele compartilhou imagens íntimas da jovem com alguma pessoa. O telefone celular dele foi apreendido e será periciado.
                                   O caso ainda deverá ser analisado administrativamente pela Diocese de Campo Mourão, à qual ele é vinculado. O advogado de Izaías Conceição e da Diocese informou que o sacerdote foi temporariamente afastado de suas funções enquanto os fatos são esclarecidos. (Goionews – Com Tem Londrina, Portal Cambé e G1 Paraná).