terça, 24 de maio de 2022
VICE SERÁ EFETIVADO

Prefeito de Umuarama é cassado pelos vereadores por improbidade

22/01/2022
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

Por unanimidade de 10 votos, o prefeito de Umuarama, Celso Pozzobom, teve o mandato cassado pela Câmara de Vereadores na madrugada deste sábado (22). O vice-prefeito Hermes Pimentel, que vinha respondendo pelo cargo interinamente, agora assumirá de forma definitiva.

O resultado foi comemorado com gritos do público no plenário da Câmara. Do lado de fora era possível ouvir muitos fogos de artifício.

Pozzobom é acusado de utilizar recurso público indevido para quitar a parcela de um apartamento particular, no valor de R$ 54 mil, em um condomínio de classe média de Umuarama, ainda em obras, na avenida Parigot de Souza. O pagamento foi efetuado em dezembro de 2019.

Conforme a denúncia, na condição de prefeito, teria solicitado e recebido vantagem indevida de repasses do município à Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná).

O cheque teria sido descontado com uma pessoa de confiança de Pozzobom pelo então secretário de Relações Institucionais da Prefeitura, José Cícero Laurentino da Silva.

O advogado Cassio Prudente Vieira Leite disse que entrará na justiça para reverter a decisão da Câmara. Ele alega que o prefeito não teve direito a ampla defesa.

Celso Pozzobom estava afastado da Prefeitura de Umuarama desde o dia 15 de setembro último, por decisão do Tribunal de Justiça do Paraná, como um dos desdobramentos da Metástase. (Obemdito).