segunda, 30 de novembro de 2020
HOMICÍDIO CRUEL

Homem que seria ex-morador de Mariluz é brutalmente assassinado em Maringá

20/11/2020
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

                            O corpo do homem que foi morto com requintes de crueldade durante a madrugada desta sexta-feira (20), no bairro Jardim Mandacaru, em Maringá, foi identificado no Instituto Médico legal de Maringá. Trata-se de Rafael José Viana, de 30 anos. Conforme publicação em uma rede social, ele seria ex-morador de Mariluz.

De acordo com a PM, a central foi acionada por vizinhos de uma agência bancária, que encontraram o homem caído na frente do portão do banco, que fica localizado no cruzamento das Ruas do Comércio e Farmacêutico Luiz Andrade.
A Polícia Civil foi até o bairro e solicitou a perícia técnica do local. Viana apresentava ferimentos na cabeça provavelmente causados por pedradas. O homem não portava documentos, porém, alguns moradores de rua relataram aos investigadores, que a vítima era conhecida pelo apelido de "latinha". No início tarde, familiares foram até o IML e fizeram o reconhecimento do corpo e a identificação oficial.
O local em que o crime aconteceu é frequentado por usuários de drogas. A Divisão de Homicídios, sob o comando do delegado Diego Elias Almeida, está investigando o assassinato. A autoridade policial acredita que possivelmente teria ocorrido uma briga entre usuários de drogas, que resultou em homicídio. (Plantão Maringá).