quarta-feira, 22 de maio de 2024
VEJA COMO VOTARAM

Vereadores de Goioerê recusam denúncia e reprovam comissão processante 

15/05/2024
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

Os vereadores de Goioerê rejeitaram por 5 votos contra 3 o pedido de abertura de uma comissão processante que foi impetrado pela cidadã Raquel Orcioli, para investigar suposta falta de repasse de recursos do orçamento impositivo destinado à Santa Casa. O pedido foi votado durante a sessão de segunda-feira, 13.

CLIQUE AQUI E RECEBA NOTÍCIAS DO GOIONEWS EM SEU WHATSAPP

O pedido de abertura da comissão processante alegava a existência de infração político-administrativa por parte do prefeito por não ter efetuado o repasse previsto no orçamento impositivo destinado à Santa Casa no valor de R$ 53 mil, no ano de 2023.

Votaram contra a abertura do procedimento os vereadores Márcio Lacerda, Fabiano Barboza, Kleber Paraíba, Patrik Pelói e Tenente Martins. Foram favoráveis à abertura os vereadores Helton Maia, Fábio Plaza e Ricardo Martins. Como presidente da Câmara, a vereadora Luci Alvino somente votaria se houvesse empate no plenário.

O principal argumento usado pelos vereadores que votaram contra a abertura da comissão processante foi o de que a denúncia é eleitoreira, articulada por um grupo de oposição, interessado em afastar o prefeito Betinho Lima. Também foi usado o argumento de que o repasse será realizado nos próximos dias.

O vereador Márcio Lacerda, que sempre trabalhou em oposição ao prefeito Betinho Lima, disse não contou com o apoio dos companheiros para apurar as denúncias que apresentou e que considerava a denúncia atual como meramente eleitoreira, visando “tomar o poder a qualquer custo”.