sexta, 20 de setembro de 2019
HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO

Goioerense conta em palestra como superou acidente que a deixou tetraplégica

17/08/2019
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

                                   A goioerense Juliana Cristina Ferreira da Silva, 34, que em junho de 2015 sofreu um grave acidente automobilístico em São Paulo, que a deixou tetraplégica, ministrou palestra na noite de quarta-feira, 14, no Rotary Club de Goioerê, quando falou sobre a sua história de superação.

                                  Juliana contou que após o acidente permaneceu seis meses na UTI, tempo que meditou sobre como enfrentar a nova vida, decidindo ser grata pela vida e aproveitar o lado bom de tudo.
Desta forma, Juliana foi superando os obstáculos de movimentação e começou a treinar tênis de mesa. Hoje ela é a primeira do ranking brasileiro e já participou de competições na Itália, México e se prepara para um torneio na Argentina.
                                  Ela também começou a ter contatos com cavalos, através da equoterapia e agora ela é Adestradora Paraequestre pela Sociedade Hipica Paulista.
                                  “Quando decidimos viver, sermos gratos pela vida e aproveitar cada coisa boa que nos acontece, os resultados acontecem” – contou Juliana, motivando a todos com a sua história de superação.
.
ESPECIAL
.
O presidente do Rotary Club de Goioerê, Gilson Croscato, agradeceu a Juliana Cristina Ferreira da Silva pela sua palestra aos rotarianos, e lembrou que ela fez parte da família rotária, integrando o Interact e o Rotaract Club. Ela também se formou em engenharia têxtil na UEM em Goioerê.
Na mesma reunião foi prestada uma homenagem ao pai de Juliana, o pintor Elber Antonio da Silva, o Toninho Pintor, pelos serviços prestados ao Rotary Club de Goioerê.