domingo, 04 de dezembro de 2022
GEROU COMOÇÃO

Morte de professora aos 39 anos gera comoção no Paraná

23/11/2022
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

A morte precoce de uma professora da rede municipal de ensino causa comoção nas redes sociais. Lyvia Padovani Shibata, de 39 anos, estava internada no Hospital Santa Cruz. O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, decretou luto e informou que a morte foi ocasionada por um “procedimento voluntário”, mas detalhes não foram divulgados.

“Atuava na Escola Municipal Maria Nicolas, lecionando para turmas de terceiro ano. Deixa inconsoláveis a filhinha Valentina e o marido Maiki Shibata – além da comunidade escolar. Seja recebida na Casa do Senhor pelo muito que amou e serviu a Educação”, descreve o prefeito.

O Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal (Sismmac) também lamentou a morte. “O Sismmac lamenta profundamente e expressa seu pesar pela morte da professora Lyvia Padovani Shibata, de apenas 39 anos. Aos familiares e amigos, expressa sua solidariedade e condolências”, diz a nota.

Segundo a entidade trabalhista, Lyvia atuou na CEI José Lamartine Correa de Oliveira Lyra e nas escolas Osvaldo Cruz e Professora Maria Nicolas.

O sepultamento será na capela do Cemitério Jardim da Saudade, em Curitiba, a partir das 17 horas desta quarta-feira (23). Com informações, Banda B.