quarta, 26 de junho de 2019
VINGANÇA MALIGNA - PARANÁ

Jovem assume homossexualidade, irmã não aceita e é ‘dedurada’ por tráfico de drogas

12/06/2019
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

                       Uma briga entre irmãos terminou na autuação de uma mulher por tráfico de drogas na manhã de terça-feira,11, na Central de Flagrantes, em Curitiba. 

O conflito teria começado depois que um jovem de 21 anos assumiu a homossexualidade para a irmã, de 29 anos, que não aceitou a revelação e o ameaçou com uma faca. Durante o depoimento para o Termo Circunstanciado (TC), o jovem denunciou a irmã por tráfico de drogas.
Segundo o sargento Vander, auxiliado pelo soldado Graciano, a polícia foi chamada para atender uma ocorrência envolvendo uma briga de família. “Chegamos no local e fomos informados pelo jovem de que sua irmã estava ameaçando ele com uma faca. Trouxemos os dois até a 1ª Companhia para fazer o TC quando durante o depoimento, o irmão informou que ela seria traficante”, contou o sargento.
De acordo com Vander, tudo teria começado porque o jovem confessou à irmã que era homossexual. “Ela não queria ele mais em casa depois da confissão e começaram a brigar, inclusive ameaçando ele com uma faca”, afirmou o sargento.
A polícia foi até a residência da família e lá encontrou 160 gramas de maconha, além de R$ 876 em dinheiro. “Nos deslocamos até a casa dela e constatamos que a informação era real. Ela alega ser apenas usuária, mas o delegado acabou autuando ela por tráfico, devido a quantidade de droga apreendia”, explicou Vander. (Banda B).