terça, 07 de abril de 2020
BEBÊ FOI SEPULTADO

Mulher que jogou corpo de recém-nascido no lixo de hospital em Janiópolis está hospitalizada

26/03/2020
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

                     A estudante de 23 anos que é mãe do bebê que foi encontrado dentro de um saco de lixo do hospital municipal de Janiópolis na manhã de segunda-feira, 23, está hospitalizada em Campo Mourão. 

                   A moça foi autuada em flagrante pelo crime de infanticídio, crime que tem pena de dois a seis anos de reclusão. Segundo o delegado Nilson Rodrigues o indiciamento se deu porque ainda há dúvidas se a criança nasceu morta ou se morreu após ter sido abandonada no lixo. O laudo médico do Instituto Médico-Legal (IML) deve revelar essa informação.
                   Após um velório rápido, o bebê foi sepultado na manhã de terça-feira, 24, no cemitério de Janiópolis.
.
COMO FOI
.
                   De acordo com a secretária municipal de Saúde, Mônica Regina de Souza, no domingo (22), durante a limpeza do banheiro do hospital, uma funcionária encontrou muito sangue no chão e, ao retirar o lixo, percebeu que o saco estava um pouco pesado. Mas, não olhou para ver o que era.
                   Na segunda-feira, por volta das 7h, essa mesma funcionária resolveu abrir o lixo e encontrou o corpo do recém-nascido, ainda conforme a secretária de Saúde. A Polícia Militar foi chamada e, durante uma análise de prontuários de pessoas que foram atendidas no domingo, identificaram uma jovem de 23 anos que recusou atendimento. Essa mulher foi localizada pela equipe da PM e levada à Polícia Civil de Campo Mourão.
                   Em depoimento, a mulher não disse se estava tomando algum remédio abortivo e nem quem seria o pai da criança. O delegado Nilson Rodrigues detalhou que a jovem estava de 37 semanas de gestação. A jovem disse que sofreu aborto espontâneo. (G1 Paraná).