terça, 11 de agosto de 2020
EXERCÍCIO DAS PRÓPRIAS RAZÕES

Pai e filho que bateram veículo Gol em Goioerê tinham tomado carro em briga por pagamento

09/12/2019
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

                                   Um homem de 48 anos foi indiciado por exercício arbitrário das próprias razões na Delegacia de Polícia de Goioerê depois de ter batido um veículo Gol contra uma árvore no prolongamento da Rua Vicente Carlos Barbosa, perto do Parque do Povo. 

                                   Ao ser detido pela equipe da PM, junto com um filho de 16 anos, o homem disse tinha pegado o veículo Gol como garantia de pagamento de salário, já que tinha trabalhado na montagem de um aviário em uma propriedade rural em Formosa do Oeste e houve desentendimento por causa do pagamento.
                                   J.C.S. abandonou o carro após o acidente e foi detido na Estação Rodoviária de Goioerê, onde pretendia seguir para Campo Mourão, onde mora.
.
ROUBO
.
                                   Em Formosa do Oeste o caso foi tratado como roubo. O dono do aviário declarou que foi agredido fisicamente por dois homens, sendo que os dois diante de grave ameaça e agressão levaram do mesmo o veículo VW Gol Special, cor cinza, além ainda de R$ 600,00, e um aparelho LG K7.
                                   A vítima relata que seus agressores ainda ameaçaram dizendo que se o mesmo denunciasse à polícia eles o matariam. A vítima sofreu diversos ferimentos e afirmou ter sido vítima devido a um desentendimento com os autores.