segunda, 09 de dezembro de 2019
EVANGELHO DE DOMINGO

DEVEMOS PERMANECER FIRMES NA FÉ EM MEIO AS TRIBULAÇÕES DECORRENTES DE NOSSA OPÇÃO POR JESUS CRISTO

02/12/2019
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

Pax Domini sit semper vobiscum !

Nossa preocupação como cristãos deve ser a vivência do amor dentro da realidade onde nos encontramos. Veremos muitos males provocados pela incompetência do homem na tentativa de fazer o mais correto. Devemos permanecer firmes na fé na prática do bem em meio a tudo o que acontece. Os cristãos devem ser agentes de transformação da sociedade através do anúncio da presença do Cristo Ressuscitado dentro do mundo. Quanto mais o homem se afasta de Deus, mais provoca desgraças destruindo a si mesmo, a natureza e seus semelhantes. Infelizmente são muitas as pessoas hoje iludidas com as mentiras da grande mídia que pinta um mundo longe do Criador. Um mundo da indiferença que leva a humanidade ao sofrimento. Onde está a felicidade prometida pelos que mantém as ideologias do mundo?

OREMOS: Senhor nosso Deus, fazei que a nossa alegria consista em vos servir de todo o coração, pois só teremos felicidade completa servindo a vós, o criador de todas as coisas. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

EVANGELHO (Lc 21, 05-19):
Naquele tempo, algumas pessoas comentavam a respeito do templo que era enfeitado com belas pedras e com ofertas votivas. Jesus disse: “Vós admirais estas coisas? Dias virão em que não ficará pedra sobre pedra. Tudo será destruído”. Mas eles perguntaram: Mestre, quando acontecerá tudo isto? E qual vai ser o sinal de que estas coisas estão para acontecer?” Jesus respondeu: “Cuidado para não serdes enganados, porque muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Sou eu’ e ainda: ‘O tempo está próximo’. Não sigais esta gente! Quando ouvirdes falar de guerras e revoluções, não fiqueis apavorados. É preciso que estas coisas aconteçam primeiro, mas não será logo o fim”. E Jesus continuou: “Um povo se levantará contra outro povo, um país atacará outro país. Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em muitos lugares; acontecerão coisas pavorosas e grandes sinais serão vistos no céu. Antes porém, que estas coisas aconteçam, sereis presos e perseguidos; sereis entregues as sinagogas e postos na prisão; sereis levados diante de reis e governadores por causa do meu nome. Esta será a ocasião em que testemunhareis a vossa fé. Fazei o firme propósito de não planejar com antecedência a própria defesa; porque eu vos darei palavras tão acertadas, que nenhum dos inimigos vos poderá resistir ou rebater. Sereis entregues até mesmo pelos próprios pais, irmãos parentes e amigos. E eles matarão alguns de vós. Todos vos odiarão por causa do meu nome. Mas vós não perdereis um só fio de cabelo de vossa cabeça. É permanecendo firmes que ireis ganhar a vida!”

“É permanecendo firmes que ireis ganhar a vida!”

Aderir ao projeto de Jesus Cristo significa atrair “complicações” para nós. Jesus não veio nos trazer uma teoria sobre a vida após a morte. Ele demonstrou com sua morte e ressurreição que a nossa vida não é uma mera coincidência. Estamos nos preparando para o eterno. Por esta razão precisamos assumir os valores que ele nos deixou que muitas vezes não coincidem com o que o mundo vive.
Quando a pessoa humana não sabe qual é o sentido de sua vida se deixa manipular pelo materialismo existencial, ou seja, a ideia de que o que importa é a nossa satisfação momentânea. Isto acarreta no individualismo que é totalmente contrário ao Reino de Deus que Jesus Cristo veio implantar. Por que será que só a Igreja Católica é perseguida? E por que será que só na Igreja católica sabemos da existência de Milagres (Sinais) que a ciência humana não pode explicar? Será tudo uma mera coincidência ou é porque ela age conforme a graça do Espírito Santo? A perseguição é um sinal positivo, porque se a Igreja não fosse de Jesus Cristo que morreu na cruz, foi desprezado e ressuscitou ela não estaria vivendo a sua missão contraditória no mundo.
O materialismo nunca irá coincidir com a realidade da ressurreição de Jesus porque a nossa confiança está no que há de vir e não nesta realidade momentânea que nunca irá nos satisfazer totalmente.
Jesus Cristo o Filho de Deus veio nos apresentar um projeto de vida que tem como finalidade nos dar a verdadeira realização e o reconhecimento que somos filhos muito amados de Deus. Seguimos a Cristo na alegria e na tristeza sendo que sentimos em nosso interior uma felicidade, uma paz que o mundo é incapaz de experimentar por se fechar em seu próprio egoísmo. Muitas pessoas tentaram e tentam alcançar esta felicidade, mas a fonte da verdadeira realização está em nosso contato íntimo com Deus através da descoberta constante da sua vontade em nossa vida.
Não existe como aceitar a Cristo sem aceitar as perseguições e dificuldades que a busca de uma vida nova produz. A perseverança é fundamental para podermos estar preparados para o momento final de nossa existência terrena.
Muitas pessoas hoje querem falar em nome de Jesus. Mais assustam, com seu subjetivismo, do que colaboram para um crescimento da comunidade. Não devemos buscar respostas no sobrenatural produzido por nossas motivações fantasiosas. Em primeiro lugar devemos amar aquilo que o Senhor deixou para nós em sua Santa Igreja. É na prática das virtudes da fé, esperança e caridade no dia a dia de nossa vida que iremos nos santificar.
A verdadeira alegria dos filhos de Deus só se poderá alcançar remando contra a correnteza de egoísmo implantada neste mundo pelo pecado. A perseguição é consequência da vida do que assume a Cristo na sua totalidade.
Hoje as pessoas estão tentando fugir do materialismo admitindo a necessidade de alguma religião. Infelizmente procuram “substitutivos alienantes” deixando de lado a prática de uma verdadeira espiritualidade. A luta do cristão nesta vida é perseverar nos “valores perenes” apresentados por Jesus Cristo. A concretização destes valores muitas vezes se volta contra nós mesmos nas perseguições que enfrentamos. Neste momento devemos olhar em primeiro lugar para o nosso interior não nos deixando levar pelo mais fácil.
As acusações humanas que possam nos fazer no seguimento de Cristo não podem nos abalar. Devemos temer os relativismos que podem nos levar a uma prática egocêntrica que se fecha à ação da Graça de Deus em nós.

“Senhor Jesus! Fortalecei-nos em meio as tribulações que enfrentamos em nosso caminhar”.

Rio Grande, 11 de novembro de 2019.

Visite meu blog: www.padregiribone.blogspot.com

"Deus nos ama acima de nossas limitações".
A Obra Missionária de Evangelização e Acolhida Social Virgem do Carmo Peregrina é uma comunidade de vida localizada na cidade de Rio Grande RS. Tem como carisma o Cultivo da Presença de Deus e a Efusão do Espírito Santo vividos na Oração e na Vida Fraterna. Somos um grupo de cristãos católicos que procuramos ajudar como missionários nos locais mais desprovidos de evangelização. Também temos como ideal ajudar os mais necessitados especialmente as crianças, os dependentes químicos e os encarcerados com suas famílias.
VOCÊ TAMBÉM PODE FAZER PARTE DESTA OBRA!
1. Envie esta mensagem a todos os seus amigos...
2. Imprima esta mensagem para as pessoas que não tem acesso a Internet...
E NÃO SE ESQUEÇA:
1. Celebração Eucarística.
2. Sacramento da Reconciliação.
3. Adoração ao Santíssimo Sacramento.
4. Leitura Orante da Palavra de Deus.
5. Devoção a Virgem Santíssima.