sexta, 23 de fevereiro de 2024
FAMÍLIA AFOGADA

Corpo de criança que desapareceu no mar em Guaratuba é localizado

20/11/2019
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

                                   O corpo de Kauan Godoy, de 7 anos, que desapareceu no mar Praia de Caieiras, em Guaratuba, no litoral do Paraná, na sexta-feira (15), foi encontrado no início da tarde desta segunda-feira (18). Durante a manhã, o corpo de Luis Felipe Godoy de Golveia, de 16 anos, que se afogou junto com a criança já havia sido localizado na Ilha dos Ratos, nas proximidades do local onde os dois desapareceram.
                                  Na tarde da última sexta-feira, quatro pessoas da mesma família se afogaram quando nadavam no mar. As vítimas são:
                                  Kauan Godoy, de 7 anos; Edson Alexandre Godoy, pai de Kauan; Luis Felipe Godoy de Golveia, de 16 anos, primo de Kauan; uma adolescente de 13 anos, também prima de Kauan.
Na ocasião, dois policiais militares de folga conseguiram resgatar Edson e a adolescente, mas Kauan e Luis Felipe acabaram levados pela água.
                                  “Num primeiro momento a gente achou que eles estavam nadando, mas a gente foi se aproximando e viu que eles estavam desacordados. A menina já tava quase afundando, tava soltando espuma pela boca, tava nas últimas. Ela tava de bruços com a cabeça dentro da água afundando já, ela tinha se afastado do irmão dela e do tio dela. Foi uma cena bem chocante”, explicou o policial Pedro Leone Barão.
                                  Enquanto Barão salvou a menina, seu colega Fabiano Cordeiro foi ao encontro de Edson. “Eu vi que ela já tava indo pra fora, o mar puxando bastante, eu olhei corri, corri, aí vi as duas pessoas, vi esse senhor, vi que era um homem e uma criança pro lado de fora. Daí o Pedro se deslocou pro lado direito e pegou a menina, e eu fui em direção ao tio também já estava desfalecido, se afogando, tava de bruços quase. Nadei, apertei ele, voltei ele pra cima d’água e ele conseguiu respirar. Aí, puxamos os dois pra terra, mas infelizmente, não vimos os outros dois”, contou no dia do afogamento. Pouco antes de entrar no mar, a família tirou uma fotografia onde todos aparecem. (Fonte: RicMais)