quarta-feira, 22 de maio de 2024
APROVEITOU-SE DO CARGO

Agente político é afastado do cargo após denúncia de estupro de vulnerável na região de CM

15/05/2024
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

Um agente político de primeiro escalão do Município de Nova Cantu (região de Campo Mourão), investigado por possível crime de estupro de vulnerável, foi afastado das funções pelo Judiciário a pedido do Ministério Público do Paraná. 

CLIQUE AQUI E RECEBA NOTÍCIAS DO GOIONEWS EM SEU WHATSAPP

]O pedido foi feito por meio da Promotoria de Justiça de Campina da Lagoa (64 km de Goioerê), que ofereceu denúncia contra o réu, que teria cometido o crime em julho do ano passado, contra uma adolescente de 13 anos, aproveitando-se do cargo público.

Além de determinar o afastamento das funções por 90 dias, o Juízo da Vara Criminal da comarca proibiu o réu de manter contato com a vítima por qualquer meio ou aproximar dela, de quem deve manter distância de pelo menos 300 metros. 

O homem deve ainda ser monitorado mediante o uso de tornozeleira eletrônica, mantendo recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga. (MPPR).