sábado, 13 de julho de 2024
VISITA A GOIOERÊ

Colégio Agrícola de Goioerê vai impactar vida das pessoas, diz secretário da Educação do Paraná

03/08/2023
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

Goioerê recebeu na manhã de quinta-feira, 3, a visita do secretário de Educação do Paraná, Roni Miranda, que realizou uma visita à obra do Colégio Agrícola, que está sendo construído pelo Governo do Estado junto à Vila Rural Candeias, e se reuniu com lideranças regionais e diretores de escolas estaduais no auditório da ACIG.

CLIQUE AQUI E RECEBA NOTÍCIAS DO GOIONEWS EM SEU WHATSAPP

A visita do secretário foi acompanhada pelo deputado estadual Marcel Micheletto, pelos prefeitos Rafael Bolacha, de Moreira Sales, Ivo Akio, de Quarto Centenário, da chefe do Núcleo Regional da Educação de Goioerê, Daniele Mellero, pelos vereadores Luci Alvino e Patrik Pelói, do presidente da Sociedade Rural, Rodrigo Fortis, lideranças cooperativistas, entre outros.

Durante a reunião, o secretário salientou que o Colégio Agrícola é um empreendimento para toda a região e explicou que ele irá funcionar em regime de internato, onde os alunos permanecerão durante toda a semana no colégio, tendo aulas práticas em todas as áreas da agricultura e pecuária, inclusive com tecnologias avançadas.

“O Colégio Agrícola irá impactar a vida das pessoas. Goioerê vai receber alunos de todo o país, pela vocação agrícola do Paraná e pela excelência da educação que o estado oferece” – frisou o secretário.

O prefeito Betinho Lima agradeceu ao secretário pela visita e ao governador Ratinho Junior pela autorização de construção do Colégio Agrícola de Goioerê, e frisou que a obra é uma das maiores em andamento no Paraná e de uma enorme importância para a população de Goioerê e região.

Após a reunião, o secretário se dirigiu até a obra do Colégio, junto à Vila Rural Candeias, onde vistoriou a construção, que está sendo realizada por uma empresa de Maringá. Ele salientou que os recursos estão empenhados e garantidos no orçamento do estado, para que a obra não tenha paralisação.