sexta, 15 de novembro de 2019
SERVIÇO MILITAR

Pedro Coelho busca trazer Tiro de Guerra para Goioerê

14/08/2019
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

                                 O prefeito Pedro Coelho iniciou contatos visando a instalação de uma unidade do Tiro de Guerra em Goioerê, visando proporcionar aos jovens a oportunidade e servirem ao Exército Brasileiro, mesmo que de forma concisa, através de uma unidade de atiradores.

                                 O sargento De Freitas, do Tiro de Guerra de Campo Mourão, que esteve em Goioerê no último domingo, para a entrega dos certificados de dispensa de incorporação, explicou que o Tiro de Guerra funciona através de contrato de parceria entre o Exército e a Prefeitura e visa facilitar que o cidadão preste o serviço militar inicial sem prejuízo ao seu trabalho ou estudo.
                                 Ele citou o exemplo de Campo Mourão, onde as instruções são realizadas das 6 às 8 horas e depois disso todos os atiradores podem ir para o local de trabalho ou estudo.
                                 “O retorno para a sociedade a gente consegue ao longo do tempo ver de sua forma bastante clara, pois além da instrução militar, recebe muitas instruções sobre civismo e cidadania, além de participações em ações de cunho cívico-sociais, onde podem conhecer a sua cidade e assim ajudar a população em muitas situações, como campanhas comunitárias, inclusive em caso de calamidade” – explicou o sargento.
                                 Para o funcionamento do Tiro de Guerra a Prefeitura deve fornecer estrutura física e alguns materiais de expediente, enquanto o Exército oferece instrutores, fardamento, armamento e outros meios militares.
                                 O prefeito Pedro Coelho saliento que no Tiro de Guerra os jovens têm instrução militar, mas também sobre civismo e durante um ano participam de ações na comunidade, que ajudam na sua formação como pessoa.