sábado, 24 de fevereiro de 2024
HERANÇA MILIONÁRIA

Mulher é presa suspeita de mandar matar pai e irmão

26/05/2023
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

A Polícia Civil prendeu uma mulher suspeita de mandar matar o pai e o irmão para ficar com a herança avaliada em R$ 2 milhões, em Votuporanga, no estado de São Paulo. Os assassinatos também seriam motivados por vingança familiar, informou a polícia.

As investigações apontam que Viviane More contou com a ajuda do marido Carlos Ramos. Os dois foram presos na segunda-feira (22). Segundo a polícia, o casal teria contratado dois homens por R$ 30 mil para cometerem os assassinatos.

As vítimas Wladmyr Ferreira Baggio e Vitor Moré Baggio foram amarradas, vendadas e mortas a tiros no dia 11 de maio. Wladmyr, o pai, teve o óbito constatado na propriedade rural. Vitor chegou a ser levado para a Santa Casa da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

De acordo com a Polícia Civil, o valor seria de R$ 10 mil para cada morte, pois a mãe da suspeita também deveria ser assassinada. Mas a mulher não estava no sítio no dia do crime.

Os assassinos contratados pelo casal têm 29 e 34 anos e foram presos horas depois de matar as vítimas. A princípio, eles confessaram a autoria, disseram que conheciam a rotina da família e planejavam um roubo, porém nada foi levado do imóvel. (As informações são do G1).