domingo, 14 de abril de 2024
PAPO SÉRIO

A ARTE DE CONTAR VANTAGENS

29/04/2023
  • A+ Aumentar Fonte
  • A- Diminuir Fonte

Assim diz o Senhor: “Não se glorie o sábio em sua sabedoria nem o forte
em sua força nem o rico em sua riqueza” Jeremias 9:23


Todos nós eventualmente nos vangloriamos de nossos feitos. Porém, há indivíduos que são demais. Seu “papo” dispensa até salva-vidas em alto mar! Você começa a narrar uma viagem ao Nordeste, o papudo relata sua expedição ao Everest. Você compra um carrinho popular, ele acelera sua Mercedes de 300 cavalos. Você fala que ficou num hotel três estrelas, ele ficou num de sete. Você pensa em se matricular num curso de espanhol, ele já fala em hebraico, grego, latim, alemão fluentemente.
Na linguagem religiosa, tudo isso entra na categoria de vanglória. Vangloriar-se é enaltecer a si mesmo, encher-se de orgulho, mostrar vaidade, querer ser mais do que os outros. O vangloriador se acha o máximo. Ele é o bom, o tal, o cara. Tudo que lhe pertence é melhor, maior, mais bonito. Entretanto, Deus não aprova esse estilo orgulhoso.
Nossas maiores realizações, às vezes, estão manchadas pela imperfeição, o egoísmo, a vaidade e o pecado. Seu alcance é limitado. Por isso, não devemos nos vangloriar, muito menos diante de Deus. Isso seria tolice. Ao contrário Deus é quem merece todo louvor, aplauso e elogio. Ele é leal, justo e reto. É santo, amoroso e gracioso. Devemos buscar conhecê-lo melhor, aprofundar-nos em sua palavra, descobrir os seus desígnios para nós, pois conhecer a Deus é viver.
Conhecer realmente a Deus significa ser como ele é e fazer o que ele faz. Praticar a bondade, o amor e a justiça, características aprovadas por Deus, é mais importante do que ter educação, poder e riqueza, coisas veneradas neste mundo. Nossa tendência é valorizar o que o mundo aprova e desvalorizar o que Deus autentica. Para receber o elogio de Deus que realmente conta, precisamos inverter os motivos da exaltação.
Que o rico não se glorie em sua riqueza, o sábio em sua sabedoria, o forte em sua força, o bom na sua bondade, o legalista na lei, o administrador em seu talento, a igreja em seus números. Não faça como o pica-pau que estava bicando um tronco seco de madeira quando um raio partiu a árvore. Sem perceber o que tinha acontecido , o pássaro orgulhoso disse: “ Olha o que eu fiz!” Glorie-se apenas no Senhor. Por que por ele e para ele são todas as coisas.

Tenha um excelente final de semana
LUCI ALVINO KNIPHOFF DA SILVEIRA - COACH E LÍDER DA UDFG